DESESPERO BRASIL

 

Acordei com desespero de ser brasileira e morar no Brasil. A situação do país é de falência múltipla! Quando já todos os recursos faltam, resta-nos a fé. A igreja cristã (católicos e protestantes) soma maioria absoluta da população do país. Isso nos dá uma imensa multidão que comunga de valores como respeito à família, à propriedade privada, a princípios duradouros e as instituições legítimas. No entanto, o país afunda em degradação pungente. A apatia da Igreja é vexatória! Não pensem irmãos, que escaparemos do juízo pela negligência com a terra que o Senhor nos confiou, servos inúteis que somos. Com temor pelo rigor de Seu juízo enterramos os talentos e não cuidamos, não a protegemos do mal, nem produzimos nela bem algum. As armas que temos são poderosas, mas não as manejamos. Não pensem irmãos, que a nossa esperança em Cristo nos resguardará do avanço do inferno, se não tomarmos oposição contra ele. Já não nos tem livrado agora! As leis privilegiam o crime, a família sofre severo ataque, as crianças sofrem abandono com incentivo do Estado, a vida humana já vale nada, as notícias são tenebrosas, os dias são maus. E os crentes que podem mudar a situação, se omitem, têm a mente vazia, falta de conhecimento e de atitude política (e não faltam os que, por isso, combatem o combate do inimigo). O nosso infame equivoco é sempre cruzar os braços às tarefas que o Senhor nos confiou e transferir à sua providência nossa responsabilidade. O céu o Senhor já nos deu, mas temos que conquistar a terra, o Brasil para o Senhor e para os cidadãos. Nosso trabalho e responsabilidade vão alem do evangelismo, é também civil. A cidadania celeste não anula a terrestre, ainda vivemos na Terra! Como agora, que já o mal se alastra, teremos salvação? Se orarmos à moda de 2Crônicas 7:14, talvez o Senhor nos livre! Oremos! Mas também tomemos consciência da situação grave pela qual passamos como nação. Acordemos, mesmo tarde! Que se proclame, como em Israel, jejum e clamor solenes, e que nas congregações haja conhecimento e instrução (Onde estão os pastores que devem zelar pelas almas? Fazendo alianças mesquinhas, vendendo o rebanho como peças de mercado: apontam como escolhido de Deus aquele que der mais). Que os nossos olhos estejam abertos para reconhecer os maus em vestes de linho, aqueles que, apesar da fala mansa e aparência de servo, atendem aos interesses mundanos de poder e corrupção. Que as nossas forças sejam reunidas contra o inimigo comum e não haja divisão nem contenda por motivos secundários. Já passamos da hora! Tomara (contra todos os prognósticos) ainda haja saída.

O Acumulo de todas as coisas

Além das manifestações

A Bifurcação Entre a Resistência e a Desistência

Chacina na Síria

A corrupção do Poder

Dissuasão e Perssuasão

Justiça,

Para que lado pende esta balança?

Manifestações:

As nossas e a da Cruz

Nós e a TV

O Papa veio O Papa já foi...

em que isto nos Afetou?

A Involução da Teoria

 

Colaboradores

Desespero Brasil

A Sociedade de Gosto

A liberdade e a política da Avestruz

Violência, A Cicatriz que Marca as Gerações do Fim

Ameaça Terrorista

Notícias de outros sites

A mulher sábia edifica a revolução

Voltar à página inicial

 

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog